15 Casos reais de pessoas que acordaram do coma graças à música

Por: - 18/04/16 às 09:32 am
1.533 visualizações
-ListasCiênciaConforto, Higiene e Saúde

musica-tirando-do-coma

Seus amigos e familiares sabem quais são suas músicas favoritas? Acredite, isto é mais do que um simples teste para saber o quanto eles sabem sobre você, isso talvez poderá salvar sua vida. Como assim? Médicos geralmente recomendam que pessoas que visitam vítimas que estão em coma toquem para eles uma música que para eles tem um significado especial. Isto é conhecido como “estímulo saliente”, algo que é familiar e emocionalmente importante para a vítima.

Ao montar esta lista lembrei daquela outra lista que postamos aqui, com vídeos do exato momento em que pessoas escutaram pela primeira vez na vida. O corpo humano é um mistério, mas quanto mais nos conhecemos mais chegamos à conclusão que somos uma criação fantástica. Sim, estímulos como a música são tão poderosos que podem fazer com que pessoas que estão em estado de coma voltem ao estado de sanidade, como um milagre! Que tipo de músicas já foram usadas para acordar vítimas de coma? Funk até agora não foi, fique tranquilo. Separamos 15 histórias reais de pessoas que passaram por esta experiência. Veja a seguir:


1. A música: Adele – Rolling in the Deep

A história: Em 2011, uma garotinha de apenas 7 anos de idade dos EUA chamada Charlotte Neve teve uma hemorragia cerebral rara que a deixou em coma. Os médicos desenganaram os familiares dizendo que ela dificilmente sairia daquele estado. A mãe de Charlotte estava se preparando para o pior quando a “Canção do Ano” do Grammy 2012 – “Rolling in the Deep” de Adele – tocou no rádio enquanto ela estava visitando a filha. Esta era uma música que mãe e filha costumavam cantar juntas, então a mãe de Charlotte começou a cantar junto com o rádio. Para sua surpresa, Charlotte sorriu. Foi a primeira reação que ela teve a qualquer coisa desde que ficou em coma. Dois dias depois a garota já falava em levantar da cama. [Fonte]


2. A música: James Blunt – You’re Beautiful

A história: Os pais de Claudia Dealwis ficaram devastados ao ver sua pequena filha de apenas cinco anos de idade em estado de coma após cair da varanda de uma amiga e ter seu crânio fraturado. Ela permaneceu em estado de coma durante 10 dias, sem sinais de melhora, até que a música “You’re Beautiful”, uma das canções favoritas dela, tocou no rádio do hospital. “Quando percebemos que sua música favorita estava tocando no rádio do hospital parece que estávamos vendo ela começando a se mover lentamente, e nós sabíamos que ela estava começando a acordar”, disse o pai. “Quando ela abriu os olhos e nos reconheceu ficamos aliviados. Cada pequeno movimento era como uma grande conquista para nós”, completa. [Fonte]


3. A música: Música tema do musical americano Mack & Mabel

A história: John Flynn, um executivo de marketing londrino, passou por um sufoco em 2012 quando teve que se submeter a três operações de derivação no coração em menos de 24 horas. Pouco tempo depois ele entrou em estado de coma devido a uma hemorragia interna grave. Ele permaneceu em coma por seis dias, até que um de seus filhos teve a ideia de tocar música para o pai a partir de seu iPod. Quando chegaram na musica tema de Mack & Mabel, um musical sobre a velha Hollywood, Flynn reagiu no mesmo instante. [Fonte]


4. A música: Green Day – American Idiot

A história: Em 2005, Corey George era um grande fã da banda Green Day. Ele foi atingido por um carro aos seus 9 anos de idade e ficou inconsciente por duas semanas, e sua vida dependia de aparelhos no hospital. Até que sua mãe teve a brilhante ideia de colocar a música American Idiot – do álbum favorito do garoto – para ele escutar. Cerca de de uma hora mais tarde Corey já estava com os olhos abertos e já estava mexendo os dedos das mãos e dos pés. [Fonte]


5. A música: The Charlie Daniels Band – The Devil Went Down To Georgia

A história: Em 2009, o jovem Jarrett Carland passou quatro meses em coma depois de sofrer um acidente de carro que tirou a vida de seu melhor amigo e feriu gravemente outro. Os médicos não esperavam que ele voltasse a viver – e disseram que caso isso acontecesse, ele provavelmente viveria em estado vegetativo pelo resto de sua vida. Para tentar trazê-lo de volta, seus pais colocaram para ele escutar a música que Carland mais gostava: “The Devil Went Down To Georgia.” Os pais tiveram que repetir a música muitas vezes, até que, depois de um certo tempo, Carland respondeu. Quase um ano depois ele até mesmo agradeceu Charlie Daniels pessoalmente. [Fonte]



6. A música: Robin Gibb – Don’t Cry Alone

A história: Em 2012, Robin Gibb, um dos Bee Gees, pegou pneumonia. Devido ao seu sistema imunológico estar fraco após lutar contra o câncer de fígado e de cólon, bem como a quimioterapia, Gibb entrou em coma. Mais tarde, ele chorou quando sua esposa tocou a música “Crying” de Roy Orbison, e praticamente reviveu por completo após seu filho, Robin-John, ter tocado “Don’t Cry Alone” para ele escutar enquanto estava em coma. [Fonte]


7. A música: The Rolling Stones – (I Can’t Get No) Satisfaction

A história: Você se lembra do primeiro single que você comprou? Se isso for significativo para você, saiba que ele poderá te trazer de volta se estiver em coma um dia. Sam Carter tinha apenas 17 anos quando a canção “(I Can’t Get No) Satisfaction” foi lançada em 1965; e tinha 60 anos quando a mesma música o fez despertar de um coma. Mesmo com um pouco mais de zero por cento de chances de sobrevivência, Carter disse que quando ouviu a música pelos headphones que sua esposa colocou nele, ele pôde lembrar como se estivesse na loja comprando pela primeira vez o disco de The Rolling Stones na loja de discos. “De repente, tive uma explosão de energia e sabia que tinha muito mais para viver, quando acordei com o som da primeira música que eu comprei”, disse Carter. [Fonte]


8. A música: Robbie Williams – Angels

A história: A austríaca Kerstin Fritzl virou notícia há alguns anos quando descobriram que ela estava vivendo em um porão com sua mãe/irmã. Seu pai/avô, Josef Fritzl, havia aprisionado sua filha Elisabeth no subterrâneo de sua casa durante 24 anos, a estuprou repetidamente e com ela teve sete filhos, incluindo Kerstin. Quando Kerstin adoeceu em abril de 2008, Elisabeth convenceu seu pai que Kerstin precisava de um hospital. Mais tarde ela foi reanimada de um coma induzido com a música “Angels” de Robbie Williams, que ela provavelmente escutava enquanto estava na prisão subterrânea de seu pai/avô.

A viagem de Kerstin para o hospital expôs a maldade de seu pai/avô, e graças a ela ele acabou sendo condenado à prisão perpétua. [Fonte]


9. Músicas de Bryan Adams

FOTO: Reprodução/Getty Images

FOTO: Reprodução/Getty Images

A história: Christiane Kittel permaneceu em estado de coma por sete anos graças a um coágulo de sangue que apareceu em seu pulmão quando ela tinha 16 anos de idade. Em 2007, sua mãe ouviu que Bryan Adams estava em turnê perto de sua cidade e pediu permissão para a equipe médica de Christiane para levá-la ao show, pensando que talvez sua música poderia de alguma forma ajudar sua filha que era obcecada por Adams. E definitivamente deu certo! Durante o show, Christiane abriu os olhos, começou a se mexer em sua cadeira de rodas e até mesmo chamou por sua mãe. [Fonte]


10. A música: Jessie J – Rainbow

A história: Uma garota de apenas 6 anos de idade chamada Tyla teve que ser induzida ao coma após se envolver em um acidente de carro com sua mãe e sua avó. Oito dias depois, a mãe de Tyla ouviu dizer que a cantora Jessie J, a favorita de Tyla, estava visitando o hospital. A mãe entrou em contato com a equipe da estrela e, minutos depois, Jessie foi até o leito de Tyla para cantar para ela sua canção favorita, “Rainbow”. Algumas horas depois, Tyla recuperou a consciência. [Fonte]



11. A música: Bon Jovi – Livin’ On A Prayer

A história: David Hassall se envolveu em um acidente de carro aos 22 anos de idade. Ele colidiu de frente com uma árvore e isto o deixou em coma. Sabendo que o rapaz era fã de Bon Jovi, seus pais resolveram tocar algumas músicas da banda para seu filho. Depois de algumas músicas, para sua surpresa, a mãe de David percebeu que ele estava murmurando as frases da música “Livin ‘on a Prayer”, foi seu primeiro estímulo após estar em estado de coma. O rapaz atingiu recuperação completa pouco tempo depois. [Fonte]


12. A música: Si Cranstoun – Dynamo

A história: O coração de Cheryl Horton-Powell parou por 10 minutos depois de sofrer uma parada cardíaca em 2013. Ela teve que ser induzida ao coma após chegar ao hospital de ambulância. A equipe médica avisou seus filhos que suas chances de sobrevivência eram de 50%. Na tentativa de ajudar, sua família colocou um par de fones de ouvido nela e colocaram uma de suas canções favoritas para ela escutar. Pouco tempo depois, como um milagre, Horton-Powell já estava dançando ao som da música. “Fui criada com esta música, e é este estilo que eu sempre amei, então eu acho que isso deve ter desencadeado algo no meu cérebro que me fez voltar à tona”, disse ela mais tarde. [Fonte]


13. A música: PSY – Gangnam Style

A história: Depois de ver sua filha em estado de coma por 258 dias causado por uma hemorragia cerebral, a mãe de Ying Nan lembrou que sua filha tinha gostado muito do hit “Gangnam Style” do cantor PSY. Foi só cantarolar a música para ela para vê-la sorrir instantaneamente. Ela tentou novamente nos dias seguintes, e sempre conseguiu a mesma reação. Ying ainda está em reabilitação hoje, mas vive uma vida normal, já aprendeu a falar e a andar novamente. [Fonte]


14. A música: Righteous Brothers – Unchained Melody

A história: Outra vítima de hemorragia cerebral, desta vez uma mulher britânica chamada Maria Neal. Ela permaneceu em coma durante meses com poucos sinais de vida quando seu marido se perguntou se a canção que havia tocado em seu casamento poderia talvez desencadear alguma coisa. Seu instinto estava correto. “Quando eu consegui uma reação dela eu imediatamente perguntei a ela: ‘Você sabe o que é isso?’, então ela acenou que sim, foi absolutamente fantástico”, disse o marido. [Fonte]


15. A música: Bruno Mars – Just The Way You Are

A história: O encontro com Bruno Mars antes de seu show em 2015 foi algo especial para a garota Zumyah Thorpe, de apenas 11 anos de idade. Thorpe sobreviveu a um acidente de carro que matou sua mãe grávida e duas irmãs, mas o acidente rendeu a ela uma lesão grave que a fez ficar em estado de coma. Enfermeiros no hospital tocavam canções de Bruno Mars continuamente todas as noites, até que um dia Thorpe finalmente acordou, e as primeiras palavras que ela conseguia dizer eram da música de Mars “Just the Way You Are”. [Fonte]

[mental_floss]

veja também:
comentários

Curtiu? Acompanhe o
ROCK'N TECH no Facebook!