edificios-antigos-renovados

Já imaginou alguma vez dormir em um presídio ou tomar um gim-tônica em uma igreja? Por mais estranho que isso pareça ser, está mais na moda do que você imagina. Isso porque a arquitetura vem considerando seriamente, de alguns anos pra cá, a regra dos três “R’s”: Reciclar, reutilizar e reduzir. Com essa perspectiva em mente, muitos edifícios ou espaços públicos sem uso adquiriram um novo significado graças à reutilização. Incentivar a reforma de espaços arquitetônicos públicos e evitar a construção de novos gigantes de cimento é algo com o qual todos nós saímos ganhando, a seguir mostramos vários exemplos disso:


1. Uma igreja que virou bar

Uma tendência que está se expandindo ao longo do Reino Unido é a de reutilizar igrejas. O número de paroquianos que reúnem-se dentro de seus muros decai a cada ano, motivo pelo qual as autoridades eclesiásticas tiveram que buscar novos usos para seus templos. E que tipo de negócio alguém pode montar na ilhas britânicas com a certeza de que funcionará? Um Pub, claro! Assim é o caso do “The Church”, um pub-restaurante-discoteca que funciona dentro da igreja de St. Mary’s, em pleno centro de Dublin.

edificios-antigos-renovados_1a

edificios-antigos-renovados_1b

edificios-antigos-renovados_1c


2. Uma arena de touradas que virou Shopping Center

Já faz anos que a cidade de Barcelona é contra touradas. Trata-se da primeira cidade do território espanhol que declarou-se contra esses espetáculos, um fato que deixou uma grande pergunta no ar: O que fazer com a praça de touros de Las Arenas? A solução chegou em 2011, quando inaugurou-se o Shopping Arenas de Barcelona, que ocupa o edifício remodelado da praça de touros barcelonesa. Afinal, sua forma totalmente circular, coroada por uma cúpula e um mirante de 360º eram perfeitas para isso!

edificios-antigos-renovados_2a

edificios-antigos-renovados_2b

edificios-antigos-renovados_2c


3. Um quartel de exército que virou hotel de luxo

Ao sul de Bund, no coração de Shangai, encontra-se um dos hotéis mais “cool” em que você poderia se hospedar. Trata-se do Waterhouse, um hotel levantado sobre o que um dia foi primeiro um armazém e posteriormente um quartel do exército japonês durante a Segunda Guerra Mundial. O mais original de sua decoração é a cuidadosa maneira em que mesclaram o luxo vanguardista com o minimalismo oriental.

edificios-antigos-renovados_3a

edificios-antigos-renovados_3b

edificios-antigos-renovados_3c

edificios-antigos-renovados_3d


4. Um antigo cinema que virou restaurante

O lançamento dos mega-cinemas foi o início do fim das pequenas salas de cinema em muitos países. O encerramento das atividades de muitos desses antigos cinemas, consequentemente obrigou muitos donos desses espaços a buscar um novo uso para eles. Assim surgiu em Madrid a ideia de dedicar um desses cinemas, especificamente o Carlos III, a um espaço gastronômico. “Platea” é o resultado dessa ideia.

edificios-antigos-renovados_6a

edificios-antigos-renovados_6b

edificios-antigos-renovados_6c


5. Uma estação subterrânea de metrô que virou pista de skate

Em baixo do cconcreto da estação de Warteloo, uma das mais concorridas da rede de transporte londrino, está localizada desde o ano passado um dos skateparks mais originais do mundo. Aproveitando a antiga estação subterrânea de metrô, os skatistas da região agora ganharam um bom lugar onde ensaiar suas acrobacias: a House of Vans. Nesse espaço patrocinado pela marca de tênis está localizado todo tipo de rampa, além de instalações audiovisuais de diferentes tipos.

edificios-antigos-renovados_4a

edificios-antigos-renovados_4b

edificios-antigos-renovados_4c

edificios-antigos-renovados_4d


6. Um matadouro de animais que virou centro cultural

De produzir toneladas diárias de carne e miúdos à abrigar exposições artísticas e espetáculos de dança. Assim se reinventou o matadouro municipal de Legazpi (Madri), onde em 1996 interrompeu suas finalidades originaispara reabrir suas portas onze anos depois transformado em um centro cultural. Ali se localiza a sede da Companhia Nacional de Dança e Ballet Nacional da Espanha. O lugar abriga também uma cineteca, uma central de design, uma estação de rádio, entre outras coisas.

edificios-antigos-renovados_5a

edificios-antigos-renovados_5b

edificios-antigos-renovados_5c

edificios-antigos-renovados_5d


7. Uma prisão que virou hotel de luxo

Pagar (e muito) para dormir entre os muros de uma prisão a princípio não parece ser uma boa ideia. No entanto, você mudaria seu ponto de vista se conhecesse o conforto e o luxo de Het Arresthuis. Localizado na região holandesa de Roermond, trata-se de uma prisão abandonada em 2007 que foi transformada em um hotel que dispõe de 36 dormitórios divididos entre celas comuns e calabouços de luxo. Apesar da total reforma, Het Arresthuis conserva o aspecto e temática de sua função anterior, transformando a experiência em algo muito especial e porque não dizer “extravagante”.

edificios-antigos-renovados_7a

edificios-antigos-renovados_7b

edificios-antigos-renovados_7c

edificios-antigos-renovados_7d

edificios-antigos-renovados_7e


8. Uma antiga igreja gótica que virou livraria

Ao longo dos séculos, a literatura sobreviveu as tradições eclesiásticas. De fato, eram os religiosos quem encarregavam-se da duplicação de livros e reprodução de exemplares, uma tarefa manual e trabalhosa. Em um sentido diferente, literatura e religião voltam a convergir na Selexyz Dominicanen, uma livraria localizada em Maastricht (Holanda) e localizada em um edifício onde antes era uma igreja gótica de 700 anos de idade. As imagens revelam o porquê do estabelecimento ser considerado uma das livrarias mais bonitas do mundo.

edificios-antigos-renovados_8a

edificios-antigos-renovados_8b

edificios-antigos-renovados_8c

edificios-antigos-renovados_8d


9. Um convento que virou loja de roupas

A princípio um convento talvez não transmita a ideia de um lugar legal para se visitar, mas o de San Antonio el Real, localizado em Salamanca, na Espanha, é diferente. Ele foi totalmente remodelado e transformado em 2005 em uma das lojas da rede Zara. A transformação, no entanto, foi realizada com cuidados extremos visando a preservação do legado religioso que serve como atrativo da loja. Claro que, mesmo assim, não conseguiram evitar a controvérsia.

edificios-antigos-renovados_9a

edificios-antigos-renovados_9b

edificios-antigos-renovados_9c

[Habitíssimo]

veja também:
comentários